Orquestra Arte Viva, Mariana Aydar e Arnaldo Antunes no Ibirapuera


Viva Consul 2011
Foi um grande show!
A apresentação da Orquestra Sinfônica Arte Viva sob regência de Amilson Godoy, com a participação de Mariana Aydar e Arnaldo Antunes “secou” (e esquentou) os mais de 10 mil fãs que se encontravam na platéia externa do Auditório Ibirapuera embaixo de uma chuva fina que caia em São Paulo na manhã de domingo 9 de outubro de 2011 (abaixo, as fotos do show).
Parece que São Pedro “gostou do que ouviu” na passagem de som e “parou” a chuva 5 minutos antes do início do espetáculo e a “recomeçou” 10 minutos depois.
O repertório foi recheado de sucessos destes dois grandes artístas da música popular brasileira, engrandecidos pelos arranjos extremamente modernos e a condução única do Maestro Amilson Godoy.
A Orquestra Arte Viva abriu o show com o grupo infantil de percussão “Guaçatom” apresentando a brasileiríssima peça “Batuque”, de Lorenzo Fernandes e emendou com o medley do Legião Urbana, em um tributo a Renato Russo, com o arranjo escrito pelo Maestro Amilson Godoy originalmente para a Orquestra Sinfônica Brasileira em apresentação no Rock in Rio 2011.
A seguir, a primeira convidada, Mariana Aydar, subiu ao palco e apresentou “Solitude” , “Vai vadiar”, “Zé do Caroço” e “Prainha”, acompanhada pela Orquestra Arte Viva. Chamou Arnaldo Antunes ao palco e apresentaram juntos “Eu não sou da sua rua”, um grande sucesso do cantor.
Arnaldo e a orquestra continuaram o espetáculo e apresentaram “A casa é sua”, “Não vou me adaptar”, “Paradeiro”, “Sem você” e “Comida”.
Para encerrar, Arnaldo Antunes chamou Mariana de volta ao palco e interpretaram juntos novamente “Socorro” e “Ainda é Cedo”, do Legião Urbana.
Sem dúvida um grande espectáculo que fez a alegria dos fãs presentes no parque.

Deixe um comentário